sábado, 18 de janeiro de 2014

Eragon por Christopher Paolini

ERAGON
de Christopher Paolini
460 páginas            Editora Rocco     
________________________________________________________

Eragon é o romance de estreia de Christopher Paolini, uma história repleta de ação, perigosos vilões e locais fantásticos. Com dragões e elfos, cavaleiros, lutas de espadas, inesperadas revelações e, claro, uma linda donzela que é muito bem capaz de cuidar de si própria. O protagonista, de quinze anos, é um pacato rapaz do campo, que ao encontrar na floresta uma pedra azul polida, se vê da noite para o dia no meio de uma disputa pelo poder do Império, na qual ele é peça principal.

Dentre todas as criaturas mitológicas, a que mais me desperta curiosidade e adoração certamente é o dragão. O grande pássaro com grandes presas e cuspidor de fogo sempre está presente em várias histórias de vários autores. A vontade em iniciar Eragon, o primeiro livro da série A Herança - e também primeira obra do autor -, apareceu a partir dai. A história que Christopher Paolini criou trás jornadas por uma realidade de batalhas sangrentas de espadas, seres mágicos e pessoas malévolas dominando o trono. Mas o que seria de uma trama dessas sem um protagonista jovem prestes a lutar por justiça?

É em Alagaesia onde nos apresentamos à Eragon, o garoto que, após ter sido deixado pela mãe, vive com Roran, seu primo, e seu tio. Tudo na vida do garoto muda assim que, enquanto caçava, encontrou uma pedra brilhosa - a qual algumas páginas depois, mostrou-se ser um ovo. Conhecemos Saphira, a dragoa, logo mais tarde. Por mais que eu ache uma pena, a relação entre Eragon e seu dragão não é necessariamente a base da história, então eles não estão em todas as partes lutando juntos. Porém, quando a luta é travada contra o garoto e sua criatura, a história se torna melhor ainda.

Não posso comparar totalmente a história criada por este autor com as de Tolkien e Lewis, por exemplo, mas a história tende a correr um rumo um tanto parecido. Há várias páginas onde só há a viagem de Eragon em busca dos Ra'zac. Muitas vezes desejei que a narrativa se tornasse mais ao estilo de C.S. Lewis. Infelizmente, a partir das 300 páginas, a forma como Paoloni nos descreve os ambientes vira-se algo entediante. Mas isso não torna o livro ruim, pois já nas cenas onde há batalhas, o autor impressiona.



Já se tratando dos personagens, Eragon trás alguns deles cheios de qualidades. Brom, o bom ajudante do nosso Cavaleiro protagonista, tem o estilo "cheio-de-segredos", mas que ao decorrer de uma leitura rápida solta traços de sua história. Ele é forte e sábio, entende do perigo. Diferente de Eragon, o garoto que deve aprender tudo sobre ser um Cavaleiro em pouco tempo, pois o perigo o espreita. Aos poucos, ele amadurece, chegando a tornar-se um digno homem, aprende a lutar e se defender. A relação entre Eragon e Brom acaba se tornando mais legal a partir que os segredos vão se desenrolando, assim como os poderes do principal da obra.

O primeiro volume do Ciclo da Herança pode não agradar em certas partes, mas vai agradar em outras. Acho que isso é normal, não há como evitar. Brisingr, a continuação - segundo volume entre quatro livros - tem a minha esperança de que surpreenda, de que traga uma trama boa assim como uma narrativa impecável. Porém há algo que não podemos discordar: como primeiro livro lançado, o autor impressiona sim.

22 comentários:

  1. Eu gosto bastante de Eragon, pois assim como você, também sou fascinado por dragões. Concordo que em certos pontos a leitura se torna entediante, talvez por já estarmos acostumados com narrativas mais aceleradas. No entanto, não falta ação.

    Abraços,
    Revolução Nerd
    http://www.revolucaonerd.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Victor!
      As partes de ação com certeza são as minhas favoritas! O autor se puxa e sempre trás batalhas incríveis! :D

      Excluir
  2. Sério, adorei o filme quando assisti e fui correndo buscar o livro, mas acho que não estava tão animado e acabou que abandonei a leitura. Via os outros livros e ficava doido para saber a continuação de tudo - como ia acabar e tal - mas até hoje nada. Tô em falta com Eragon.

    terradefagulhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme me surpreendeu bastante, Michael. Grande parte da minha vontade em começar à ler os livros foi por causa da obra cinematográfica, que, depois de já ter lido o livro, vi que não tinha tanto em comum. Também tenho curiosidade em saber o restante da vida de Eragon, mas adiarei a leitura de O Ciclo da Herança um pouco mais.

      Abraços!

      Excluir
  3. Apesar de não lembrar do filme em si, lembro que o assisti e gostei muito. Não tinha vontade de ler o livro até agora, que foi onde eu percebi que tinha, sim, uma certa vontade de ler. Bem, apesar de não ter sido pra você, acho que o livro não seria nem um pouco decepcionante pra mim, pois, pelo menos até agora, não tenho expectativa alguma sobre ele (a não ser que esperar que o livro não seja decepcionante seja uma expectativa. Nesse caso, eu tenho, sim, mas você entendeu). :)

    http://sendoempapel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme é tão bom quanto o livro!
      Leia, desejo boa sorte e que você curta a leitura! ;)

      Excluir
  4. Livros sobre dragões e elfos não costumam me chamar a atenção, mas tenho ouvido falar muito sobre Eragon e pode ser que eu leia. Não afirmo nada, mas parece ser uma história diferente, mas interessante. Ótima resenha! Bjs.

    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca li nada envolvendo dragões, mas peguei trauma desse livro após ver o filme, uma adaptação bem infeliz. Acho que com todos os livros existem alguns rechos que não nos agradam, normal, só não podem haver muitos desses trechos, rsrs.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo que o filme não segue fielmente a história literária (não segue mesmo! hehe.), mas mesmo assim acabei gostando da atmosfera que os criadores fizeram.
      Eragon agrada muitas vezes e desagrada às vezes. Fazer o quê?

      Abraços!

      Excluir
  6. Quero muito ler, mas aqui na minha cidade é bem complicado encontrar...
    Gostei de sua resenha, até mais.
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, mas se surgir uma oportunidade, leia!
      :D

      Excluir
  7. Hey Vini, voltei aqui para agradecer por ter participado do debate lá no blog, adorei sua opinião!

    Abraços,
    http://www.revolucaonerd.com/

    ResponderExcluir
  8. conhecendo o blog agora, gostei do post.

    http://stroke-of-insanity.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, olhar eu fuçando seu blog e adorando rs! Parabéns adorei, acho que o look dele super bacana e tem a ver com os livros que você ler, achei bacana. Adorei :D

    beijo,
    @maahmusic
    http://instagram.com/maah_music

    ResponderExcluir
  10. Olá Vinicius! Primeiro queria dizer que encontrei seu blog por acaso, e estou seguindo porque gostei muito dele. Eragon é um livro que desejo ler há anos, só não comprei ainda porque o preço é meio salgadinho, mas isso não significa que não vou comprar. Como você disse, apesar de a narrativa se tornar meio lenta lá pela página 300, acho que é um livro muito bom, ainda mais como livro de estréia. Também espero que Brisingr seja melhor porque espero muito dessa série e não gostaria de me decepcionar. Até mais!
    http://bibliotecadomedo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, novo amigo! Eragon também estava na minha wishlist literária à muito tempo, fiquei bem contente em lê-lo. Você irá gostar, provavelmente. As batalhas que o autor cria são recheadas de qualidades, um ótimo fator para o primeiro lançamento dele, não é?
      Brisingr deve seguir o mesmo caminho, hehe.
      Até mais! ;)

      Excluir
  11. Oii, tudo bom?
    Comecei a ler esse livro, mas, infelizmente, não fui muito longe. Ainda tenho vontade de retomar a leitura, mas não sei muito bem quando isso vai acontecer.
    Acho que o que me fez não gostar tanto foi o fato de ser cansativo. E não é lá pela página 300 não, hein hahahah Achei bem cansativo desde o começo.
    Adorei a resenha, bem sincera e bem escrita!

    Beijoss
    Thaís - Instinto de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Thaís!
      Mas que pena! Eragon realmente trás algumas partes bem paradas, mas a história é bem criada. Espero terminar a série um dia. Obrigado pelo comentário! :)

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :I :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Pode comentar a vontade! Diga se gostou da postagem,
se ela te trouxe alguma inspiração ou coisa parecida!
Sempre irei responder os seus comentários!
O Um Jovem Leitor agradece.
Abraço a todos!
Vini.