quarta-feira, 2 de outubro de 2013

A Vida, o Universo e Tudo Mais por Douglas Adams

A VIDA, O UNIVERSO E TUDO MAIS
de Douglas Adams
224 páginas            Editora Arqueiro
___________________________________________________
Após as loucas aventuras vividas com seus estranhos amigos em "O Guia do Mochileiro das Galáxias" e "O Restaurante no Fim do Universo", Arthur Dent ficou cinco anos abandonado na Terra Pré-Histórica. Mesmo depois de tanto tempo, ele ainda acordava todas as manhãs com um grito de horror por estar preso àquela monótona e assustadora rotina. Talvez Arthur até preferisse continuar isolado em sua caverna escura, úmida e fedorenta a encarar a próxima aventura para a qual seria forçosamente arrastado: salvar o Universo dos temíveis robôs xenófobos do planeta Krikkit. Usando o planeta Krikkit como paródia da nossa sociedade e das guerras raciais, Adams cria uma história divertida, inteligente e repleta dos mais inusitados significados sobre a vida, o universo e tudo mais.

Antes de palavras mais descritíveis, tenho que deixar a seguinte oração: A Vida, O Universo e Tudo Mais deixou a desejar comparado aos dois volumes anteriores da série O Mochileiro das Galáxias. Assim como as duas primeiras obras, Adams continua com seu estilo engraçado e criticador - este de uma forma mais reduzida, mas é percebível na leitura. Mas para aqueles que seguem Adams desde o primeiro volume, conseguirão ver o quanto o autor enlouquece mais ainda no terceiro livro. Vemos que Adams nunca deixa de rechear sua estórias com muitas viagens no tempo, seres inimagináveis - extraterrestres aqui, ali e em toda a parte - e ambientes foras do comum, e neste não é diferente, apenas só mais cheio disso, tão cheio que complica!

A narrativa deste livro também é muito diferente dás anteriores. Antes podíamos ter a noção do quanto o autor gosta de criar narrativas um tanto sem sentido, mas de uma forma hilariante. Já nesse volume, porém, a narrativa de Douglas Adams se torna totalmente descritiva, o que tira grande parte das risadas dos leitores. A forma como os personagens fazem suas trocas de ambiente se tornam confusas, mesmo com a nova escrita descritiva. Mas, felizmente, em A Vida, o Universo e Tudo Mais, temos o privilégio de conhecer mais alguns seres com uma hilária forma de pensar - e esses vão de um alienígena que deseja xingar todas as formas de vida orgânica do universo até um colchão falante.

Algo de bom na estória é a troca de personalidades de certos personagens; Arthur Dent, que tinha o jeitão de "para onde estamos indo? É uma festa?", agora se transformou em alguém que se importa mais no que está acontecendo em sua volta, enquanto Ford Prefect,  melhor e - tenho quase certeza - único amigo de Arthur, se tornou um ser mais preguiçoso. 


É claro que eu não poderia fazer uma resenha de algum livro da série O Mochileiro das Galáxias sem ao menos mencionar Marvin, o robô mais engraçado de todo o universo! Receio em dizer - e é uma pena - que Marvin fica um tanto de lado no terceiro volume da série, tendo apenas certas aparições na estória. Mas o robô depressivo continua o mesmo, sempre trazendo conversas de tirar sorrisos com seres de uma mentalidade extremamente duvidável.

Por fim, destaco aqui que o terceiro livro vêm com mais ação e um pouco menos de comédia. Esta nova estória chega a envolver o fim do mundo e que Deus nos ajude se um dia o universo ficar em mãos de seres como Arthur Dent, Ford Prefect, Marvin e Zapphod Beeblebrox!
A Vida, o Universo e Tudo Mais fica em terceiro na colocação dos três primeiros livros, mas continua sendo uma leitura que valha a pena, afinal, queremos saber a razão da vida, do universo e tudo mais e se Arthur ou qualquer outro alguém saiba disso, impossível parar a série por aqui.

2 2 255 

4 comentários:

  1. Muitos amigos meus me recomendam essa série, mas eu não acho que vou gostar. Muito boa sua resenha! Beijos.

    www.livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você não gosta de autores que usam a imaginação mesmo e criam realidades que até ás vezes não entendemos, O Guia do Mochileiro não é mesmo a escolha certa. Mas admito que Douglas Adam nos trás risadas.

      Beijoo!
      :)

      Excluir
  2. Olá Vinicios...
    Estava com medo que lesse alguns spoillers, mas felizmente você não é do tipo que faz isso, então obrigado uahsaushau.
    Acabei de ler o segundo não faz muito, inclusive logo postarei uma resenha também, e quero ler o terceiro e ei... Como assim Marvin deixado de lado? Ele, na minha opinião, é o melhor personagem da estória, e convenhamos, jamais conheceremos alguém depressivo tão hilário, ainda mais se tratando de um robô. Amo essa série, Douglas é incrível, e o jeito irônico dele, de como ele tira saro do poder e tudo mais, é simplesmente apaixonante.
    Beijos

    http://desfocandoideias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Natalia.
      Me obrigo á sempre revisar o texto mais de uma vez para checar se existe algum erro de gramática ou partes que contém spoilers, então pode ficar sempre tranquila, hehe. :)
      Então você acompanha a série O Mochileiro das Galáxias? É isso mesmo, infelizmente nosso querido amigo Marvin fica um tanto de lado neste terceiro livro, mas nada que impeça ele de causar algumas risadas nos leitores. A série é ótima e estou extremamente curioso em relação ao desfecho e a resposta da vida, do universo e tudo mais!

      Beijoos!
      :D

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :I :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Pode comentar a vontade! Diga se gostou da postagem,
se ela te trouxe alguma inspiração ou coisa parecida!
Sempre irei responder os seus comentários!
O Um Jovem Leitor agradece.
Abraço a todos!
Vini.