terça-feira, 4 de junho de 2013

Morte Súbita por J.K. Rowling

MORTE SÚBITA
de J.K. Rowling
512 páginas            Editora Nova Fronteira
___________________________________________________

Quando Barry Fairbrother morre inesperadamente aos quarenta e poucos anos, a pequena cidade de Pagford fica em estado de choque. A aparência idílica do vilarejo, com uma praça de paralelepípedos e uma antiga abadia, esconde uma guerra. Ricos em guerra com os pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas e guerra com seus maridos, professores em guerra com  os alunos... Pagford não é o que parece ser à primeira vista. A vaga deixada por Barry no conselho da paróquia logo se torna o catalizados para a maior guerra já vivida pelo vilarejo. Quem triunfará em uma eleição repleta de paixão, ambivalência e revelações inesperadas? Com muito humor negro, instigante e constantemente surpreendente, Morte Súbita é o primeiro livros para adultos de J.K. Rowling, autora de mais de 450 milhões de exemplares.  


Para começar essa difícil resenha, é necessário falar da magnificância de J.K. Rowling. Uma escritora que é capaz de escrever uma saga de sete livros que acabaram por terem 450 milhões de exemplares vendidos, com toda a certeza vai trazer mais um livro de sucesso. E ela o fez. Há de ser dito que Morte Súbita se diferencia completamente de Harry Potter, não há feitiços, varinhas ou bruxos andando por corredores de um castelo haptos para se tornarem melhores. Em Morte Súbita há tragédia. Impossível não confiar na escrita de Rowling que, surpreendentemente, me surpreendeu! Este é, verdadeiramente, um grande livro de uma grande autora.

Até onde o desejo de poder pode te levar? O livro fala sobre a morte inesperada e súbita de Barry Fairbrother, um membro importante do Conselho Distrital de Pagford - pacata cidade onde grande parte da história se passa. Para alguns, a morte de Barry é um desastre, uma tristeza exorbitante, e para outros acaba se tornando uma oportunidade. Quem tomará o lugar de Barry Fairbrother no Concelho? Ali começara-se a guerra - guerra por poder, guerra contra os pais, guerra contra os filhos. Pessoas disputando pela súbita vaga nova deixada por um querido homem, casado e com filhos.

O livro começa diretamente na morte principal, a que gera todos os acontecimentos que estão para ocorrer e logo vamos aprendendo sobre Pagford e seus curiosos habitantes. J.K. Rowling narra a vida dos personagens parte por parte e separadamente (durante o início da leitura, precisei parar alguns segundos para me recordar á que família pertencia tal personagem. Nos deparamos com muitos deles no livro, mas, assim que entramos fundo na história, é impossível esquecer um traço sequer de qualquer um deles). Lembro-me que, durante metade do livro, não conseguia sentir um verdadeiro afeto por nenhum destes novos conhecidos, pois todos eles possuem características que me irritavam; ou por serem corruptos demais, por não serem fortes, não encarem certas coisas, por serem drogados... todos eles tem seu lado ruim. Mas, agora que já devorei o livro, não consigo deixar de amar todos eles. Sim, eles ainda demonstram seu lado negro da força, mas além disso mostram seu lado apaixonante.

Tantos personagens para falar bem, tantos outros para ridicularizar por sua fome e ganância. Bato palmas para J.K. Rowling por criar uma atmosfera envolvente e cheia de segredos. Mesmo com uma massa grande de pessoas para caracterizar, ela conseguiu. Barry Fairbrother, talvez, seria o personagem com quem eu mais me apegaria, mas sua participação no livro não dura. Há Krystal Weedon, a garota problema, mas também aquela que nos emociona e nos marca, assim como Sukhvinder (hã? Como se pronuncia?). Andrew Price, os Mollinson, Bola Wall e sua família, todos eles conectados, interligados.

Fico, então, a me questionar: será que Morte Súbita faria todo este sucesso se fosse escrito por uma autora diferente? Certo que sim, talvez levasse mais tempo, mas aconteceria. Morte Súbita é um livro duro que pode te ensinar muitas coisas, um livro maravilhoso. Tenho vontade de chorar por saber que já terminei de ler, que não terei mais novidades sobre os acontecimentos recentes de Pagford e de seus moradores. Ser eternamente apaixonado por um livro é o que está me ocorrendo, e isso é tão bom... 

12 comentários:

  1. Ual, pelo jeito foi muito bom mesmo!!
    Amo amo amo a JK e quero ler sim Morte Súbita, só estou esperando o preço abaixar!
    Espero me encantar como você!

    Beijos,
    Le Lançanova
    PS. Tem promoção lá no blog! Serão sorteados 20 kits. Participe! http://migre.me/evwHi
    Palácio de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Letícia!
      Foi uma sensação ótima ler Morte Súbita. Tive uma grande sorte de achar uma livraria onde o livro esteve só por 24 reais, só imagina minha alegria no momento que o vi, rsrsrs.
      Provavelmente irá sim se encantar :)

      Beijos!
      Vini

      Excluir
  2. HEY HEY!

    UHHH Sua resenha ficou muito boa!
    Estou mega ansioso para ler esse livro, na verdade estou com ele aqui e só me falta tempo!

    O enredo envolvendo essa estória me parece ser bem interessante, gosto de leituras mais densas de vez em quando e ainda mais quando estas nos passam algo a mais, como você disse que o livro poderia nos ensinar várias coisas!

    J. K. É vida! hahaha
    Parabéns pela resenha, agora estou louco para conhecer os moradores de Pagford!
    Abraço amigo.

    > http://apanhadordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HEY HEY, Lucas! \m/

      Fico muito feliz que tenha gostado!
      O enredo é cheio de segredos e reviravoltas, tenho certeza que você irá adorar! A autora consegue passar várias lições com Morte Súbita e você não poderia estar mais certo; J.K. é VIDA! hahaha.

      Abraço amigo!
      Vini :D

      Excluir
  3. Nossa, se eu pudesse, daria nenhuma estrela pra esse livro huahuahuahua. Não gostei não, com certeza foi a minha decepção literária do ano =P não me mate, parceiro huahuahuaha

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heu, Kel!
      Ah, pena que não curtiu Morte Súbita, mas cada um com seus gostos. ;)

      Beijão!
      Vini

      Excluir
  4. Oi, Vini... Concordo totalmente com você, o livro é maravilhoso! A J.K. é demais, pois são poucos os autores que conseguem dar personalidade e humanidade própria para cada personagem. Provavelmente irei reler, lá pelo fim do ano, só para matar a saudade do povo de Pagford e daquele final O.M.G! Rsrs.

    Abraço.
    www.blogopenbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lipe. Morte Súbita me surpreendeu bastante, achava que ele não teria um final tão bom quanto ele ganhou (não mudaria em nada). Como disse o Lucas Farias logo ali em cima, J.K. é vida. Impossível não querer reler, uma ótima leitura e ótimos personagens narrados em um ótimo lugar.

      Abraço! =D7
      Vini

      Excluir
  5. Oi Vini!
    É a primeira vez que leio uma resenha de Morte Súbita. Confesso que quando li a sinopse não me interessei nadinha, contanto, me empolguei com seu entusiasmo. Só lendo mesmo pra saber se vou gostar.
    Beijinhos *---*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mylla!
      É, antes de começar a ler Morte Súbita, fiquei sabendo da sua história e que envolve grande parte a política, mas mesmo assim decidi dar uma chance para a J.K. Rowling já que é certo que ela é uma perfeita autora. Resultado? Um ótimo livro.
      Espero que leia alguma hora e tenha a mesma opinião que eu.

      Abraços! =D7
      Vini

      Excluir
  6. Eu não me canso de dizer o quanto amei Morte Súbita. Foi o primeiro livro da J.K. Rowling que eu li e não me arrependo nem um pouco. A história, os personagens, a cidade... Todos me encantaram. Não vejo a hora de sair o seriado do livro.

    Um beijo,
    livro-apaixonado.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amor por Morte Súbita também se tornou enorme.
      Tudo nele nos encanta, não é? Saber que um seriado baseado no livro está por vir me deixa muito contente, irei acompanha-lá com certeza!
      :)
      Abraços!

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :I :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Pode comentar a vontade! Diga se gostou da postagem,
se ela te trouxe alguma inspiração ou coisa parecida!
Sempre irei responder os seus comentários!
O Um Jovem Leitor agradece.
Abraço a todos!
Vini.