sábado, 29 de junho de 2013

Memórias do Fantasma por Carlos Rodrigo

MEMÓRIAS DO FANTASMA
de Carlos Rodrigo
200 páginas            Editora Selo Jovem
___________________________________________________
Após a morte de seus pais, Arthur Lourenço, um jovem de 17 anos, precisou adaptar-se a uma nova rotina, totalmente diferente a qual vivia. Outro lar, novos amigos, e, a decisão de abandonar o colégio. Ele até poderia aceitar esse fato, se não fosse pela condolência em ver o pai tornar-se um fantasma tenebroso. Como alguém seria capaz de se acostumar com essa tormenta? Felizmente, Arthur possui amigos dispostos a ajudá-lo se livrar deste sofrimento. Especialmente, Ágata: A bela garota que porta sinais de bipolaridade. Quando a sua preciosa vida foi retirada por bruxos das trevas, em um ritual manipulado há uma década, Laura Mendez, sofreu uma transformação que jamais desejou. Ela já não era mais humana. Porém, felizmente, um dia conhece Arthur, pelo qual o seu coração passa a bater mais forte. Embora ela tente reprimir ao máximo esse sentimento... No entanto, de que modo Arthur reagiria ao descobrir que estava apaixonado por um ser sobrenatural? Isso parecia improvável, pelo simples motivo de já vir sofrendo o suficiente com esse lado sobrenatural do mundo, antes mesmo de conhecer Laura.

Memórias do Fantasma é certamente o primeiro volume de uma série de livros. Nele, os fantasmas - que são tema principal da história - são sólidos e capazes de fazer coisas que não é típico de fantasmas fazerem segundo as outras obras do gênero. Esses fantasmas novos podem queimar as pessoas com um simples toque, ou podem deixar sua face de um jeito sinistro assim como mudar a cor de seus olhos para um branco total. Há até um personagem que vive uma vida normal como um humano, mas que na verdade é um ser sobrenatural  (chega a ser totalmente sem lógica já que ele pode caminhar, falar e tocar como qualquer pessoa).

O livro de Carlos Rodrigo não é longo, mas acaba sendo se você acaba achando a leitura algo entediante e está com ânsia em começar uma nova - foi assim comigo. A história fica envolta apenas em cinco personagens: Arthur, Laura, Ágata, Mirella e Mateus. Eles não tem nenhuma característica especifica que defina qualquer um deles, não há como dizer se são chatos ou legais. Queremos mais personagens enquanto lemos, mas o autor termina a obra fixando-se apenas nessas cinco pessoinhas que só trazem para história o puro tédio. Arthur sendo o protagonista é o que mais decepciona. E Laura? Não há como entender essa personagem que se sente triste por ser uma fantasma sendo que ela é exatamente igual a um humano, só que se ela quiser, Laura pode atravessar paredes ou até mudar seu rosto. Não há razão para não parecer alguém normal.

A capa acabou me chamando atenção. Achei-a atraente e tinha a expectativa de ler uma história envolta no mistério e cheia de sensualidade. Memórias do Fantasma me pareceu ser um livro com narrativa infantil e que precisava ser aprimorada para algo muito melhor, principalmente os personagens.

Sem medo. Sem susto. Sem terror.
A obra não nos traz nenhum desses adjetivos e não tenho esperança de ler sua sequência ou muito menos relê-lo. Agora a meta é achar um bom livro de Edgar Allan Poe para compensar a leitura.


7 comentários:

  1. Eu comprei o livro por conta da capa, que é bastante atrativa, e não me decepcionei ao ler. Não entendo porque vc se decepcionou em relação a narrativa infantil, afinal, o livro é INFANTO JUVENIL (aliás, adoro ler para minhas filhas esse tipo de literatura, pois envolve mais romance que terror). Memórias do Fantasma é um livro leve e rápido, o que também é bom pra mim pq não tenho tempo, estou sempre ocupada com o trabalho.
    Acho que você não deve ter compreendido direito os fantasmas propostos pelo autor. Os motivos de Laura ser triste são explicados. E os outros personagens com certeza tem características próprias, inclusive achei a Mirela um porre de chatice em certos momentos!
    E vc tava esperando, medo, susto, e terror de um livro que foca mais em romance? Sei lá, eu gosto de alguns gêneros mais do que outros, mas não costumo confundir as coisas.
    Conclusão: me divertir pra caramba com minhas filhas, e espero pela continuação. Até meu marido resolveu começar a ler de tanto que minhas filhas gostaram, mas ele acabou desistindo pq não é o tipo de livro que costuma ler kkkk...
    Vc escreve bem, amei seu blog, continue com as resenhas.
    bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cecilia! Bem, eu ganhei o livro por causa de um sorteio que a editora Selo Jovem fez e quando o recebi e vi sua capa nem parei para saber mais sobre o livro. Enquanto lia, não tinha noção que se tratava de uma história de infanto Juvenil - esperava algo com terror e suspense mais atraente -, então acabei me decepcionando quando vi que Memórias do Fantasma não tinha muito desses adjetivos, mas que focava no romance. Não sou acostumado com a forma que Carlos Rodrigo caracteriza seus fantasmas, acho que isso pesou um pouco durante minha avaliação do livro.
      Quero desejar parabéns á você por incentivar a leitura para suas filhas! É muito bom saber que teremos mais duas leitoras vorazes no futuro!
      Fico feliz que tenha gostado do Um Jovem Leitor, volte sempre!

      Abraços!
      :-bd

      Excluir
  2. Ei parceiro, tudo bem?

    poxa, que pena que vc não curtiu muito o livro. Nunca li nada dessa editora, então nem posso opinar. Mas confesso que não sou mt fã desses livros que tem váários personagens. Prefiro poucos mesmo.

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Kel!
      É, não é um livro que eu aconselhe para meus amigos...

      Abraços!
      ;)

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Erick.
      Por favor, entenda: sou um leitor blogueiro que me considero verdadeiro. Caso você não tenha consentimento, muitas editoras se recusam a enviar livros para seus parceiros porque caso eles não gostarem do livro, os leitores não farãp as resenhas o que a editora considera errado. Ela quer que nos expressamos e ponhamos na escrita nossa opinião referente a obra. Pois então, não é por ser parceiro da editora do livro que deixarei de resenhá-lo por não ter sido um fã da obra, EU ESTOU NESSE BLOG PARA EXPRESSAR MINHA OPINIÃO REFERENTE AS MINHAS LEITURAS E NÃO SÓ PARA FAZER PARCERIAS, tenho certeza que a maioria dos blogueiros literários tem essa mesma opinião.
      É, Memórias do Fantasma não me agradou e acabei não narrando coisas positivas sobre o livro porque simplesmente não as achei.
      Entendeu? Dizer que um livro é ruim mesmo sendo parceiro da editora não é falta de ética, mas sim ser verdadeiro. Novamente digo: estou aqui para expressar minha opinião e não agradar aos parceiros para envios de livros.

      Excluir
  4. Iaí Vini! Tudo bem?
    Que pena que você não gostou, essa capa dele é bonita, essa mulher ruiva tem um negócio assim kk, não sei explicar, a expressão dela é diferente! Mesmo assim eu não teria conseguido achar na minha cidade pra comprar, aqui dificilmente tem livros mais assim nacionais e menos famosos :( Enfim, que pena que você não gostou né! Mas a vida de um leitor é assim, decepções e surpresas kk
    Abraços,
    Gabriel

    http://letrasdepijamas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :I :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Pode comentar a vontade! Diga se gostou da postagem,
se ela te trouxe alguma inspiração ou coisa parecida!
Sempre irei responder os seus comentários!
O Um Jovem Leitor agradece.
Abraço a todos!
Vini.