quarta-feira, 1 de agosto de 2012

O Caso dos Dez Negrinhos por Agatha Christie




22222

Título original: And Then There Were None


Ano de lançamento: 1993

Número de páginas: 239

Gênero: Romance policial estrangeiro



Dez pessoas são convidadas pelo misterioso U.N. Owen para passar alguns dias numa ilha perto de uma aldeia pouco movimentada. Os convidados aceitam o convite e de igual maneira embarcam num barco local para a ilha. Na primeira noite, quando todos já se conheciam razoavelmente bem e conviviam animadamente na sala, ouve-se uma voz vinda das paredes da sala, acusando cada um dos dez presentes de ter cometido um crime, crime esse que apesar de ser despropositado ou inevitavél, levou à morte de outras pessoas. O pânico instala-se e mortes inexplicáveis se sucedem, tendo por única pista uma trova infantil.

Nunca irei esquecer-me da semana em que li esse fantástico livro. O melhor entre todos os que já li. Sempre fui fascinado pelos livros da autora Agatha Christie e esse, claro, não seria diferente.Fiquei sabendo sobre esse livro graças ao escritor Caio Riter, quando o mesmo visitara minha escola do ensino fundamental com o intuito de nos dar uma palestra. Durante a palestra, ele falava de quão era o seu amor pela Agatha Christie e que o livro que mais tinha o marcado era O Caso dos Dez Negrinhos. Ele falou da história do livro e eu fiquei fascinado, era algo pelo que eu realmente estava interessado.

A história do livro é a seguinte: oito pessoas recebem o convite de um milionário suspeito para que ambos visitem sua mansão em determinado dia. Nesse dia marcado, os oito convidados vão até a Ilha do Negro, onde encontram dois serviçais que os recebem e informam que o U.N Owen, o milionário, ainda não chegará. Durante o jantar de espera, um auto falante junto á parede é ligado e uma voz misteriosa começa a entregar todos os crimes dos que estão na casa, inclusive os serviçais. Logo depois mortes inexplicáveis começam a acontecer, mortes que seguem a canção dos Dez Negrinhos e o mais estranho; em cima da mesa da sala de estar, há dez bonecos de porcelana negros e para cada morte ocorrida na mansão, um boneco desaparece. 

Quem é o assassino? O livro tem um suspense tão, mas tão bom que não da pra descrever. Agora sei que Caio Riter tinha a maior rasão em dizer que a história é maravilhosa. Todos apaixonados por romances policiais deveriam ler esse livro.O melhor desse livro é quando suspeitamos dos personagens. Sempre que eu suspeitava de um personagem, ele morria logo em seguida, isso nos deixa frustrados e nos da mais ansiedade para saber o final da história. Os personagens da história também tem seus mistérios, todos ao decorrer da história começam a contar a sua vida passada, sobre seus crimes. Cada um deles pode ser suspeito. Meus favoritos são a Vera e o Philip Lombard. 


Canção dos Dez Negrinhos:
Dez negrinhos vão jantar enquanto não chove;
Um deles se engasgou e, então ficaram nove.
Nove negrinhos sem dormir: não é biscoito!
Um deles cai no sono e, então ficaram oito.
Oito negrinhos vão a Devon em charrete;
Um não quis mais voltar, e então ficaram sete.
Sete negrinhos vão rachar lenha, mas eis
Que um deles se corta, e então ficaram seis.
Seis negrinhos de uma colmeia fazem brinco;
A um pica uma abelha, e então ficaram cinco.
Cinco negrinhos no foro, a tomar os ares;
Um ali foi julgado, e então ficam dois pares.
Quatro negrinhos no mar; a um tragou de vez
O arenque defumado, e então ficaram três.
Três negrinhos passeando no Zoo. E depois?
O urso abraçou um, e então ficaram dois.
Dois negrinhos brincando ao sol, sem medo algum;
Um deles se queimou, e então ficou só um.
Um negrinho aqui está a sós, apenas um;
Ele então se enforcou, e não ficou nenhum

4 comentários:

  1. Nunca li nada da Agatha Christie, e confesso que não tenho taanta vontade assim de ler. Mas tanta gente fala bem que acho que vou ter que dar uma chance! Gosto de autores que não ficam enrolando quando precisam tirar um personagem de cena, e como li que personagens morriam sem parar minha curiosidade aumentou um pouquinho, rs. Só que não sou fã de romance policial, então não sei... quem sabe?
    Beijo, Larissa
    Another Words
    http://anothersimplewords.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Acredite na Agatha Christie! Tenho certeza que ficará fascinada com este livro assim como fiquei. A todo instante ela pode impressiona, e o final é épico. Bo fim de semana! Abraço do Vini ;)

    ResponderExcluir
  3. Foi o primeiro livro dela que eu li, e adorei!! É fascinante!! =)

    Bjss

    ResponderExcluir
  4. eu assino embaixo, Vini!
    Esse é um dos meus preferidos dela!
    Li quando era dolescente, li de novo e sempre me pego coladona no livro...hahahaha
    beijos

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :I :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Pode comentar a vontade! Diga se gostou da postagem,
se ela te trouxe alguma inspiração ou coisa parecida!
Sempre irei responder os seus comentários!
O Um Jovem Leitor agradece.
Abraço a todos!
Vini.